Entenda os Malefícios do Açúcar

O açúcar refinado é mais do que presente no dia-a-dia do brasileiro, que tem o costume de adoçar bebidas e alimentos mais do que o necessário.

É bem fácil tornar-se dependente do açúcar, pois sua absorção é rápida e ao chegar ao cérebro, tem ação tranquilizante por meio da liberação do triptofano, que se converte em serotonina, nosso hormônio do bem estar.

O problema é o processo que ele sofre para ficar branco e soltinho. Quando extraído da natureza, é submetido ao refino, que utiliza inúmeros produtos químicos. É neste momento em que fibras, sais minerais, proteínas e outros nutrientes são eliminados, resultando em um produto químico cheio de “calorias vazias”.

Veja quais são os outros prejuízos do açúcar:

  • Piora seu sistema imunológico e prejudica suas defesas contra doenças infecciosas;
  • Desorganiza as relações entre os sais minerais no organismo, ou seja, provoca deficiência de cromo e cobre e interfere na absorção de cálcio e magnésio;
  • Pode provocar um aumento rápido de adrenalina, levando a hiperatividade, ansiedade, dificuldade de concentração e irritabilidade em crianças;
  • Provoca aumento significativo na concentração do colesterol ruim e de triglicerídeos, reduzindo o colesterol bom;
  • Provoca a perda de elasticidade e funcionalidade dos tecidos;
  • Aumenta a concentração sanguínea de glicose em jejum e pode levar à hipoglicemia de rebote;
  • Pode provocar muitos problemas do trato gastrointestinal como gastrite, indigestão, má absorção, flatulências…
  • Envelhecimento precoce;
  • Contribui para o ganho de peso e inflamação do corpo;

E a sobremesa? Ela é vilã? O que podemos fazer para deixá-la mais saudável?

Se consumida na hora e na quantidade certa, não será ela quem lhe fará mal, mas é claro que quanto mais saudável, melhor. Podemos incluir e/ou substituir alguns ingredientes como:

  • Leites vegetais: leites de coco, amêndoa, castanhas, aveia, arroz, gergelim e outros são boas opções para substituição do leite de vaca, pois além do menor potencial inflamatório, são fontes de gordura do bem.pd-acucar1
  • Biomassa de banana verde: é rica em amido resistente, um carboidrato complexo que reduz o índice glicêmico e a resposta insulínica dos alimentos, auxilia no controle do colesterol e triglicerídeos, aumenta a saciedade, ajuda na perda de peso e tem potente ação prebiótica, estimulando seletivamente o crescimento de bactérias benéficas no intestino. Pode ser utilizada como um excelente espessante em preparações de doces e salgados, melhorando o valor nutricional sem alterar o sabor.
  • Alfarroba: é um alimento saudável, de elevado valor nutritivo, não possui qualquer agente alergênico ou estimulante tais como cafeína e teobromina, presentes no cacau. Contém vitamina B1, que ajuda no funcionamento do sistema nervoso, músculos, coração e melhora a atitude mental e o raciocínio, niacina e vitamina A, sendo esta última essencial para o crescimento dos ossos e dentes, vitalidade da pele e saúde da visão. Possui ainda alto teor de vitamina B2, cálcio, magnésio, ferro e fibras e um ótimo balanceamento de potássio e sódio.
  • Cacau: alimento rico em polifenóis como os flavonóides, contribui para a saúde do coração além de ser um potente antioxidante. É fonte principalmente de potássio, cobre, cálcio, magnésio e ferro. pd-acucar2
  • Semente de chia: é fonte de fibras, cálcio, magnésio, potássio, proteína e ômega; pode auxiliar a reduzir o índice glicêmico de nossas sobremesas e deixá-las mais ricas em nutrientes.
  • Aveia: alto teor de fibra hidrossolúvel e beta-glucana; contribui para a reposta insulínica, glicemia de jejum e glicemia após as refeições. É um bom ingrediente para adicionar às preparações doces no meio da tarde, pois irá auxiliar no controle glicêmico desta refeição.
  • Berries: têm poder antioxidante e anti-inflamatório; são ricas em fitoquímicos,  ácido elágico e vitamina C. Trazem mais sabor, saúde e beleza para nossas sobremesas.
  •  

     
    ass_pd-9

    Leave a Reply