Dieta da Mente

Açúcar, adoçantes, farinhas refinadas, lácteos e gorduras trans podem afetar diretamente
nossas emoções. Esses alimentos costumam gerar no organismo um processo
inflamatório, havendo a liberação de substâncias que prejudicam regiões do cérebro. Com
isso, queixas de memória, humor, cognição, ansiedade, déficit de atenção, hiperatividade e
depressão estão diretamente relacionados com o alto consumo desses alimentos.

Observe como são suas compras no mercado e os restaurantes que você frequenta. Se
produtos de pacotinhos (mesmo com alegação de saudáveis, light, diet), pães, massas,
embutidos (presunto, salsicha…), adoçantes, iogurtes, refrigerantes aparecem com
frequência na sua rotina, fique atento!

Produtos frescos e minimamente processados precisam estar fazendo parte de 80% da
sua alimentação, pois são eles que contem vitaminas, minerais e outros nutrientes
importantes para o equilíbrio do corpo.

Vitaminas do Complexo B, vitamina C, Vitamina E, vitamina D, zinco, magnésio, cromo,
ômega 3 e alguns aminoácidos são essenciais para a produção de hormônios e
neurotransmissores importantes para o correto funcionamento cerebral.

Por isso, comece a incluir mais na sua alimentação frutas, vegetais verdes escuros,
cúrcuma, gengibre, pimenta, canela, sementes, oleaginosas, cacau, abacate, azeite,
azeitonas, quinoa, grão de bico, chás… Além de escolhas alimentares, invista no auto
cuidado para manter sua mente sempre ativa e tranquila. Atividade física, caminhadas,
meditação, yoga, ler livros, ouvir músicas, preparar uma comida gostosa.. Separar um
tempinho para você é essencial. Afinal, a saúde também vêm de dentro.

Leave a Reply