A importância da nutrição durante a gravidez

Um organismo equilibrado e bem nutrido é fundamental para a mulher que planeja engravidar, pois a gestação é o momento da programação metabólica de um novo ser. Muitas vezes a preocupação só gira em torno do ganho de peso da gestante, mas e a qualidade com o que se ganha o peso?

A mulher pode até apresentar um ganho adequado, porém com uma dieta pobre em nutrientes, que são extremamente importantes para o desenvolvimento adequado do bebê. Veja abaixo o que é fundamental para a saúde das mamães e das crianças:

pd-gravidez-1

O ácido fólico (vitamina B9) presente na couve, brócolis, amêndoas, lentilhas, aveia, na carne e outros, é fundamental principalmente nas 12 primeiras semanas de gestação, pois a sua necessidade aumenta em função da rápida divisão celular. Por isso eles são fundamentais para o fechamento adequado do tubo neural do bebê.

Já a vitamina D é a aliada para aumentar a imunidade materna, formação óssea do bebê e ajuda a reduzir a possibilidade de pré-eclampsia, resistência à insulina e diabetes gestacional, parto prematuro e raquitismo. Por isso é tão importante manter os níveis adequados ao longo de todo o período através de alimentação adequada, suplementação e exposição ao sol da manhã.

pd-gravidez-2

O iodo também tem papel importante na maturação do sistema nervoso central durante o período gestacional, assim como na lactação. Ele é importante para o crescimento e desenvolvimento dos órgãos da criança. Alimentos como frutos do mar, algas, vagem e agrião são fontes bem ricas.

O ômega 3, ácido graxo essencial não produzido pelo nosso organismo, também é de extrema importância na formação cerebral, tem papel importante no aprendizado, memória e elevação de QI. Auxilia ainda na prevenção de depressão após o parto.

O zinco é um importante aliado da imunidade materna e atua no desenvolvimento cerebral do bebê.

O magnésio ajuda a prevenir a pré-eclampsia e hipertensão gestacional e reduz o aparecimento de câimbras, já que ajuda no relaxamento muscular.

A colina ajuda no desenvolvimento cerebral fetal e é reguladora da memória e atenção do bebê.

Leave a Reply